Google+ Followers

domingo, 1 de junho de 2014

2ª CORRIDA MELHORAMENTOS CMPC CAIEIRAS


Nesse domingo que amanheceu frio e com uma leve garoa logo no começo da manhã foi disputado a 2ª edição da Corrida Melhoramentos CMPC em Caieiras. No ano passado participei dessa prova e, como foi bem organizada pela Ritmo Certo, este ano resolvi voltar para conferir como foi a organização da Corrida e Aventura. No ano passado eram 600 inscrições e esse ano passou para mil inscrições.



Caieiras fica distante 37 km de São Paulo e, além da Capital, faz divisa com Franco da Rocha ao norte, Mairiporã a leste e Cajamar a oeste. Tem uma população estimada em cerca de 86 mil pessoas. Seu principal acesso é pela Rodovia Tancredo de Almeida Neves(SP 332) além do trem pela linha 7 Rubi da CPTM.



A entrega do kit contendo camiseta, chip descartável, número de peito, sacolinha de treino e alguns brindes dos patrocinadores aconteceu no sábado no ginásio do Complexo Esportivo Jorge Wrede das 14 ás 20 hs., que fica na Avenida Portugal, 300. Cheguei pouco após as 16 hs e havia uma fila com umas 15 pessoas. Meia hora depois, quando retirei meu kit, a fila estava um pouco maior. Havia três pessoas no atendimento e outras cinco dando apoio.



A concentração começou às 07 hs no local do evento. Às 08 hs foi dado instruções sobre o percurso, basicamente o mesmo do ano passado com muita subida, pelo locutor Maquininha. A largada estava marcada para as 09 hs, dando assim tempo para quem não fosse da região chegar sem atropelos ao local da prova, principalmente por que aos domingos a CPTM realiza manutenção nas linhas de trem, muitas vezes até interrompendo a circulação dos trens e colocando ônibus para fazer parte do trajeto.



A largada aconteceu pouco depois das 09 hs e saiu do estádio, acessando a Avenida dos Estudantes, Rodovia Tancredo Neves (até aí só descida), leve subida na Rua Awerthanser, Rua Padre Aquiles Silvestre (aqui começa o martírio das subidas), Rua Riciareli, Avenida Arlindo Dartora (ida e volta), novamente Rua Riciareli (inicio da descida), Rua Bolívia, Rua Guadalajara, Rua Capitão Alberto Ghaf subindo novamente até o estádio e dando volta na pista de atletismo até a chegada.



Postos de hidratação antes dos kms 2 e 4 e na chegada. Total do percurso de 5,6 km. Meu tempo foi de 28 minutos e 09 segundos contra os 29 minutos e 33 segundos do ano passado. Como já conhecia o percurso e sabia das subidas que viriam procurei dosar nas descidas para ter pernas depois. Dessa vez consegui completar todo o trajeto sem parar nas subidas. E olha que foram umas dez e a maioria acentuada.



Após a prova houve a entrega da medalha além de frutas e um suco em caixinha. Teve também a cerimônia de premiação dos vencedores em suas categorias, alguns discursos dos membros da diretoria da CMPC (empresa chilena que adquiriu a Companhia Melhoramentos em 2009) e ainda o sorteio de um televisor de 42 polegadas para quem participou da prova e depositou seu cupom na urna após a chegada.



Basicamente a mesma organização. Por ser uma prova grátis e pelo que foi oferecido passou no teste com louvor. Tem provas pagas que oferecem apenas o número de peito (inclusive distribuindo panfleto após a corrida de hoje) e ainda diz que luta pelo "atletas de verdade" como se todos que participam de uma corrida, paga ou grátis, não sejam verdadeiros atletas. tomara que a Melhoramentos CMPC continue patrocinando e prestigiando as corridas de rua.









 

Nenhum comentário:

Postar um comentário